O que é e para que serve uma coroa/faceta?

Quando um dente apresenta cor ou forma pouco harmionosa, estrutura muito fragilizada ou posição inadequada em relação aos restantes dentes, recorre-se à utilização de coroas ou facetas com o objectivo de restaurar a função e estética dentária. Também na ausência total do dente (coroa dentária + raiz), a coroa poderá funcionar como parte integrante de um implante reabilitando, desta forma, espaços edêntulos. (ver implantes)

O que é um pivot?

Quando o dente perdeu a maioria da sua estrutura mas a sua raiz está integra, recorre-se à reabilitação com um pivot. Esta peça metálica fundida em laboratório irá criar o suporte necessário para que uma coroa metalo-mecânica seja adaptada sobre ela de forma a mimetizar um dente natural.

O que é uma ponte?

As pontes têm por objectivo substituir um ou mais dentes ausentes. Tal como o nome indica, esta estrutura apresenta-se apoiada em pilares, que são os dentes adjacentes ao espaço edêntulo e que são preparados clinicamente de forma a servirem de suporte a esta peça protética. No espaço a reabilitar irão ficar uma ou mais coroas suspensas entre os pilares.

Só posso colocar uma ponte se tiver dentes?

Não. Na ausência de um número elevado de dentes que, inevitavelmente, leva a um grande espaço desdentado, poder-se-ão colocar implantes que irão suportar a respectiva ponte.